178666172_2950203715306428_2612583906242485993_n

Johnny vs Betty dão forma a “Morphosis”

Os Johnny vs Betty lançaram esta semana o seu primeiro singleMorphosis dá o mote para a “síntese” de hard rock e metal progressivo que a banda propõe, viajando com groove até lugares mais experimentais. É a primeira de uma sucessão de músicas que o grupo vai lançar ao longo deste ano, através da editora independente Skiiks Records.

 

 

 
Definem-se como o “filho perdido” de Miles Davis com TOOL – tendo uma sonoridade composta por guitarras “in your face”, pelo “ataque forte” da bateria, pelo “rosnar” do baixo, que também explora “ambientes sonoros”, e pelos teclados, que realçam as malhas de guitarra. O som fica completo com “uma trompete melancólica que nos transporta para sítios inesperados”, como dizem à Glam Magazine.
 

Não é o único tema que os Johnny vs Betty têm disponível online – Time pode ser ouvido em live session no seu canal de Youtube, desde janeiro do ano passado. Na altura, a música foi anunciada como parte de um futuro EP, denominado Elementari. Porém, este não chegou a ser lançado. Para já, a Glam Magazine fala numa sucessão de singles que vão surgir ao longo deste ano, sendo Morphosis o primeiro.

 

 

Evandro Capitão na voz, teclado e trompete, Samuel Fernandes na guitarra (os dois são amigos de infância), Guilherme Salvador no baixo, e Rafael Santos na bateria – é este o lineup desde 2019. Porém, o conceito da banda nasce nos sete anos que precederam a sua origem, com influências de metal alternativo, art rock, e hard rock.

 

 

Imagem: Johnny vs Betty / Facebook

Partilha esta Neo Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Croudfunding